Notícias / Ações

04 dezembro 2020

André Abujamra reúne BNegão e Criolo em ‘Emidoinã’, álbum sobre o poder do fogo

||
0 Comment
|

Com capa assinada por Luciano Lagares, o sexto álbum solo de André Abujamra, Emidoinã – Alma de fogo, tem lançamento programado para a próxima sexta-feira, 11 de dezembro.

Disco que gerou filme ainda sem previsão de estreia, Emidoinã elenca colaborações de BNegão, Camila Pitanga, Chico César, Criolo, Julia Lemmertz, Pedro Luís e Russo Passapusso, entre outros nomes da música e das artes cênicas.

Trata-se do segundo título de série de cinco álbuns idealizados por Abujamra – cantor e compositor paulistano revelado na década de 1980 como integrante da dupla Os Mulheres Negras e projetado nos anos 1990 como líder do grupo Karnak – sobre os elementos da natureza.

Sucessor de Omindá – A união das almas do mundo pela água (2018), álbum de tom globalizado que agregou artistas de 14 países, Emidoinã questiona os limites do poder de destruição do fogo.

Na narrativa construída a partir do inédito repertório autoral do disco, o fogo é o elemento transformador que renova a vida ao mesmo tempo em que gera danos. Como essa narrativa gerou filme, produzido com imagens produzidas pelo estúdio Open The Door, o álbum Emidoinã se tornou a trilha sonora desse filme feito com nomes como Rodrigo Santoro e Zélia Duncan.

Na cronologia de Abujamra, Emidoinã será sucedido em 2022 pelo álbum Lejôodara – O ar da existência e em 2024 por disco – ainda sem título – sobre o elemento terra que juntará o artista com os integrantes da companhia de teatro Barca dos Corações Partidos.

Por fim, em 2026, o artista encerra a saga mitológica com álbum sobre o controvertido quinto elemento da natureza.

Fonte: G1

|

Deixe um Comentário