Notícias / Ações

24 novembro 2020

Canção “Armaduras” vence edição do Canto da Lagoa

||
0 Comment
|

| Com letra de Diego Muller e música de Rodrigo Maia, ambos de Porto Alegre, a canção “Armaduras” foi a vencedora da 16ª edição do Festival Canto da Lagoa, realizada nos dias 20 e 21 de novembro no Parque João Batista Marchese. A música levou ainda os prêmios de melhor letra e intérprete com Pirisca Grêcco. No primeiro dia, foi realizada a fase regional, com sete classificados para a nacional, ocorrida no sábado.

O segundo lugar ficou com “Quando Amanhecer”, com letra de Ivani Graciola Thiago Vian e Fernanda Graciola, que também ficou responsável pela música. Todos de Encantado. Na terceira colocação, “Apneia”, de Bruno Kohl e Daniel Conti, respectivamente de Santa Catarina e São Paulo. A música mais popular foi “Milonga Urbana”, de Agostinho Luís Agostini, de Caxias do Sul, escolhida pelo público a partir da quantidade de hashtags nos comentários da live.

“Milonga Louca” levou dois prêmios: melhor instrumentista com Carlos Eduardo Césáro, e melhor arranjo, com Everson Maré. A canção de São Borja e Pelotas tem letra de Rodrigo Bauer e música de Robledo Martins. A melhor melodia ficou com “Clandestino”. A letra é de Dilan Camargo e música de Tuny Brum de Santa Maria e Porto Alegre.

Os critérios avaliados correspondem às premiações. Foram 457 composições inscritas na fase nacional e Mercosul deste ano, superando as expectativas dos organizadores.

Fase regional

O melhor intérprete foi Eduardo Jacques, de Lajeado, com “Velho Rio Nova Canção”, que também venceu na categoria “Melhor Melodia”. O melhor arranjo ficou com a música “Monges do Pinheirinho”, que também conquistou o título de Melhor Tema sobre o Rio Taquari. A canção tem letra de Jorge Moreira (in memorian)/Thiago Casaril Vian/Fábio Tiecher, que representaram as cidades de Encantado e Lajeado. Alex Zanotell foi o melhor instrumentista. A canção “Ela”, do lajeadense Alessandro Cenci foi eleita a melhor letra. A música mais popular foi “Bairrismo do meu canto” , de autoria de Luciano André Lucca, de Lajeado.

Premiação

As músicas classificadas para a Fase Regional receberam ajuda de custo R$ 1 mil, com um extra de R$ 1 mil e troféu aos selecionados para a disputa nacional. Nas duas fases, os demais vencedores foram premiados com R$ 1 mil. O autor da música mais popular, ganhou R$ 500. A música vencedora da Fase Nacional recebeu R$ 5 mil. Para o segundo e terceiro lugar, os valores foram de R$ 3 mil e R$ 1,5 mil.

Fonte: O informativo

|

Deixe um Comentário