Notícias / Ações

24 outubro 2018

Com polêmica de arbitragem e gol contra, Inter empata com o Santos no Beira-Rio

||
0 Comment
|

O Internacional viu crescer a distância para o líder do Palmeiras na conclusão da 30ª rodada do Brasileiro. Com uma lambança da defesa e polêmica de arbitragem, o Colorado empatou por 2 a 2 com o Santos nesta segunda-feira (22), no Beira-Rio. Patrick e Damião marcaram para o Inter, Fabiano, contra, e Gabigol fizeram para o Santos.

O segundo tempo foi agitado. Primeiro, um gol de Leandro Damião foi anulado pela arbitragem depois de seis minutos de jogo parado e muita polêmica. Seria 2 a 1 para o Inter. O time gaúcho até conseguiu marcar em seguida, mas uma lambança da zaga após defesa parcial de Marcelo Lomba resultou no segundo gol santista, contra de Fabiano.

Com o resultado, o Internacional chegou aos 57 pontos e vê o Palmeiras mais longe. Agora a diferença para o líder do campeonato está em cinco pontos. E o segundo lugar ficou com Flamengo, que soma 58. Já o Santos chega a 43 e é sétimo na classificação.

O Internacional pega o Vasco na próxima sexta-feira. Já o Santos terá pela frente o Fluminense no sábado.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2 X 2 SANTOS

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 22/10/2018 – 20h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Público/renda: 43.159 (total) R$ 1.082.715,00
Cartões amarelos: Nico López (INT), Luiz Felipe, Bruno Henrique e Gustavo Henrique (SAN)
Cartões vermelhos:
Gols: Leandro Damião (43’/1ºT) (1-0), Gabriel (5’/2ºT) (1-1), Patrick (25’/2ºT) (2-1), Fabiano (contra) (33’/2ºT) (2-2)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Fabiano (Jonatan Álvez, aos 45’/2ºT), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago (Wellington Silva, aos 38’/2ºT); Rodrigo Dourado e Edenílson; Nico López, D’Alessandro e Patrick; Leandro Damião (Rossi, aos 35’/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Bryan Ruíz, aos 33’/2ºT), Carlos Sánchez e Diego Pituca; Rodrygo (Derlis González, aos 33’/2ºT), Bruno Henrique (Renato, aos 42’/2ºT) e Gabriel. Técnico: Cuca.

Fonte: Uol

|

Deixe um Comentário