Notícias / Ações

11 maio 2020

Em disputa acirrada, Drake perde para Kenny Chesney o topo da parada de álbuns dos EUA

||
0 Comment
|

Em uma disputa acirrada, o astro da música country Kenny Chesney acabou superando Drake e ficou no topo da parada americana de álbuns. “Here and Now” vendeu 233 mil cópias, sendo que 222 mil nos formatos tradicionais – o cantor fez uso da estratégia de vender o disco em conjunto com ingressos para shows de sua próxima turnê. Esse foi o nono número 1 dele no top 200 da Billboard.

O astro do hip-hop não ficou muito atrás com o equivalente a 223 mil cópias vendidas, mas no caso dele os números vieram em peso de audições de “Dark Lane Demo Tapes” nos serviços de streaming musical – o álbum foi lançado de surpresa no último dia primeiro.

O top 10 não teve mais nenhuma novidade, mas vale observar a melhora de desempenho de “Hot Pink” de Doja Cat que subiu dez posições e ficou com a nona colocação, resultado do interesse gerado por “Say So” e o seu novo remix com a participação de Nicki Minaj.

1 – “Here and Now” – Kenny Chesney (estreia)
2 – “Dark Lane Demo Tapes” – Drake (estreia)
3 – “My Turn” – Lil Baby (subiu duas posições)
4- “Blame It on Baby” – DaBaby (caiu duas posições)
5 – “Eternal Atake” Lil Uzi Vert (caiu duas posições)
6 – “After Hours” – The Weeknd (caiu duas posições)
7 – “Suga” – Megan Thee Stallion (subiu três posições)
8 – “Hollywood’s Bleeding” – Post Malone (caiu duas posições)
9 – “Hot Pink” – Doja Cat (subiu dez posições)
10 – “YHLQMDLG” – Bad Bunny (caiu três posições)

Fonte:Vaga lume

|

Deixe um Comentário