Notícias / Ações

19 novembro 2020

Estratégia: o que Mariah Carey e Ariana Grande ganham ao trabalhar juntas?

||
0 Comment
|

Mariah Carey anunciou, com um teaser, as participações especiais de seu especial de fim de ano na Apple TV, “Mariah Carey’s Magical Christmas Special”. Jennifer Hudson, Snoop Dogg, Tiffany Haddish, Billy Eichner, Jermaine Dupri, Misty Copeland, Mykal-Michelle Harris e The Peanuts Gang foram confirmados – mas o nome que mais chama atenção é de Ariana Grande.

Quando Ariana Grande despontou como estrela pop global, Mariah Carey chegou a fazer a linha “i don’t know her” (não a conheço). Em 2016, durante sua participação no programa de TV “Watch What Happens Live”, Mariah disse que não conhecia Ariana, e sim Lady Gaga, Taylor Swift, Katy Perry, Britney Spears e Beyoncé.

Ariana não levou para o lado pessoal e não aceitou a rivalidade alimentada pela mídia. Em 2019, prestou uma homenagem à Mariah no Instagram e foi notada pela veterana. No mesmo, a equipe de Mariah convidou Ariana para aparecer em uma versão alternativa do clipe de “All I Want For Christmas Is You”, cheia de famosos. Ela topou. Gelo quebrado.

Por que Mariah Carey está interessada em Ariana Grande?
Desde o início da carreira, Ariana Grande foi comparada com Mariah por ser uma ótima vocalista, capaz de alcançar notas altas. Mariah não gosta de comparações, o que dificultou o início da relação. Mas fato é que Ariana segue hoje os passos de Mariah, única cantora na história a ter colocado 19 músicas no topo da Billboard Hot 100. Do fim de 2018 para cá, Ariana já colocou cinco.

Ela é a estrela pop do momento, capaz de atrair o público juvenil para o especial de Mariah Carey. Nenhum dos outros nomes anunciados para o programa tem o engajamento de Ariana com a audiência de adolescentes e jovens adultos. Ariana Grande é a mulher mais seguida do mundo no Instagram, com 206 milhões de seguidores.

A estratégia de Mariah – de se associar a um nome quente do momento – para alcançar um público que não a ouviria naturalmente é comum na indústria. Madonna é mestra nisso e já lançou singles com Britney Spears, Justin Timberlake, Nicki Minaj e Anitta, além de ter feito trabalhos com Katy Perry e Miley Cyrus. Trata-se de rejuvenescer seu público: os jovens são quem consomem cultura pop massivamente.

O que Ariana Grande ganha com isso?
Ariana, por sua vez, ganha prestígio ao associar sua imagem à de Mariah Carey. É uma espécie de benção – que a própria Mariah teve de Whitney Houston e Aretha Franklin, por exemplo, ao cantar com elas na primeira década de sua carreira. Momentos assim dão credibilidade à artista iniciante, além do sucesso comercial.

Ariana bebeu dessa estratégia ao gravar com Andrea Bocelli, por exemplo. É um carimbo no portfólio, e igualmente uma expansão do público. Os fãs da Mariah, que vão assistir ao especial de Natal, marcada para 8 de dezembro, talvez não parassem para escutar o álbum da Ariana, “Positions”. Mas vão ouvi-la cantar no programa.

Fonte: POPline

|

Deixe um Comentário