Notícias / Ações

03 maio 2021

Evento-teste em Liverpool reúne 5 mil pessoas

||
0 Comment
|

Um festival-teste com apresentações de Blossoms, The Lathums e Zuzu rolou na noite deste domingo (02) em Liverpool, na Inglaterra. O Sefton Park recebeu 5.000 pessoas – geralmente comporta 7.500 – sem exigência de que os participantes se distanciassem socialmente ou usassem máscaras. No entanto, todos tiveram de apresentar um resultado negativo de um teste PCR para entrar no local.

De acordo com o Liverpool Echo, o show foi uma “experiência científica” e toda a plateia se comprometeu a fazer novos testes daqui a cinco dias. Os pesquisadores têm em mãos todos os dados dos participantes para que possam rastreá-los para saber de seu quadro clínico dentro de um mês.

Como parte de seu set, o Blossoms fizeram uma homenagem a banda mais famosa de Liverpool e mandaram uma versão de “Paperback Writer”, dos Beatles. No vídeo compartilhado nas redes sociais é possível ver toda a atmosfera de um show como rolava antes da pandemia.

Este foi um final de semana de “baladas-teste” em Liverpool. Na noite de sexta-feira (30) e no sábado (01), uma rave reuniu 6 mil pessoas se aglomerando em uma casa noturna da cidade sem máscara ou distanciamento social, mas com o mesmo esquema de rastreamento do público.

Outros eventos piloto estão programados para acontecer em todo o Reino Unido em maio, incluindo o BRIT Awards que rola no próximo dia 11 e que será palco de mais uma aglomeração-teste.

Colocar locais de entretenimento e a vida noturna de volta à ativa é uma parte central do “roteiro” do primeiro-ministro Boris Johnson para reabrir a economia. A partir de 21 de junho, o governo local deverá dar um sinal verde para que as casas noturnas voltem a funcionar exigindo algum tipo de “certificação covid”, como um resultado negativo do teste ou um comprovante de vacinação para conceder a entrada do público.

O Reino Unido é um dos países mais avançados na campanha de vacinação em massa contra a covid-19. Até este domingo (02) 49,8 milhões de doses da vacina já haviam sido aplicadas. Cerca de 52% da população já estão vacinados.

|

Deixe um Comentário