Notícias / Ações

05 abril 2022

Gravado em 1988, “O Tempo Não Para”, álbum ao vivo de Cazuza, é relançado com a íntegra do show

||
0 Comment
|

Finalmente os fãs de Cazuza poderão ouvir na íntegra aquele que é considerado o seu grande momento artístico: o show que deu origem ao álbum ao vivo “O Tempo Não Para”, agora rebatizado como “O Tempo Não Para – O Show Completo”.

Gravado durante uma trinca de performances realizadas no Canecão, Rio de Janeiro, em outubro de 1988, o álbum já estava nas lojas pouco tempo depois, e trazia dez faixas, entre hits, “Exagerado, “O Nosso Amor a Gente Inventa (estória romântica)”, “Codinome Beija-Flor”, músicas do então recém-lançado “Ideologia”, a faixa-título, “Boas Novas”, “Faz Parte do Meu Show”, além de uma regravação de Lobão (“Vida Louca Vida”), uma música da época do Barão Vermelho (“Todo o Amor Que Houver Nessa Vida”) e aquela canção que estaria fadada a se tornar uma das mais importantes da música brasileira: “O Tempo Não Para”, que mesmo inédita arrancava aplausos do público a cada noite.

Agora, depois de quase 34 anos, as outras sete músicas do espetáculo também podem ser escutadas, entre elas “Brasil”, “” e “Preciso Dizer Que Te Amo”, gravada originalmente por Marina Lima.

Em 24 de janeiro de 1989, em Pernambuco, Cazuza fez a última apresentação do show. Alguns meses depois, o álbum “Burguesia” chegou às lojas e, em 7 de julho de 1990 o cantor morreria vítima do HIV com apenas 32 anos.

Fonte: Vagalume

|

Deixe um Comentário