Notícias / Ações

24 outubro 2018

Grêmio vence o River Plate e tem vantagem para o jogo de volta

||
0 Comment
|

A noite desta terça-feira, 23, foi de Copa Libertadores da América para o Tricolor, que entrou em campo no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, na Argentina, para enfrentar o River Plate, pelo jogo de ida das semifinais da competição. E conquistou bons resultados, vencendo o time argentino pelo placar de 1 a 0, trazendo boa vantagem para os últimos 90 minutos, na próxima semana, dia 30, na Arena.

Quem assistiu, presenciou um primeiro tempo disputado. Ambas equipes atacaram e criaram oportunidades de gol. O Grêmio trabalhou a bola, pressionou e chegou com Geromel e Cícero, que conseguiram boas finalizações. Já o River também teve suas chances com Palacios e Martinez, mas parou nas boas defesas de Marcelo Grohe.

A etapa complementar começou com pressão argentina, mas o Grêmio não se rendeu. Aos 16 minutos, Alisson cobrou escanteio no primeiro poste, Michel subiu e mandou de cabeça, balançando as redes adversárias e abrindo o marcador. A partir daí, o Tricolor conseguiu controlar mais as ações e explorar o jogo. O time da casa pressionou, mas o Tricolor soube administrar o resultado.

Na terça-feira, o Grêmio entra em campo na Arena, para a grande decisão das semifinais da competição.

FICHA TÉCNICA

RIVER PLATE 0 X 1 GRÊMIO

Local: Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires

Data: 23 de Outubro (Terça-feira)

Horário: 21h45(de Brasília)

Árbitro: Victor Carrillo (Peru)

Assistentes: Jonny Bossio (Peru) e Victor Raez (Peru)

VAR: Leodan González (principal), auxiliado por Estebean Ostojich e Richard Trinidad (todos do Uruguai)

Cartão amarelo: Borré, Maidana, Ponzio (River Plate), Alisson, Kannemann (Grêmio)

Gol: Michel (Grêmio), aos 16 minutos do segundo tempo.

RIVER PLATE: Armani; Montiel, Maidana, Pinola e Casco; Ponzio (Enzo Pérez), Quintero, Ezequiel Palacios (Ignacio Fernandez) e Pity Martínez; Borré e Scocco (Lucas Pratto)

Técnico: Marcelo Gallardo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon, Ramiro (Thaciano) e Cícero, Alisson e Jael (Thonny Anderson).

Técnico: Renato Portaluppi

|

Deixe um Comentário