Notícias / Ações

13 novembro 2020

Isadora Vilela e Iuri Mesan ganham o público com “Bem Vindx à Lyra”

||
0 Comment
|

Uma parceria entre uma rio-pretense e um carioca vem ganhando o apreço do público! É isso mesmo: Isadora Vilela e Iuri Mesan se uniram há 1 mês para a criação de “Bem Vindx à Lyra” e agora tem mais de 50 mil de ouvintes.

Iuri explica que: “[Com a música] estávamos tendenciando a pessoa à lembrar de algum lugar, alguma sensação, algum lugar físico, palpável. Cita muito o céu ou o mar. Brincamos muito com isso e nessa brincadeira, fomos pesquisando, tendo algumas ideias e chegamos até as constelações. No final da história da Lyra, como uma forma do romance ser lembrado, a lira é fragmentada em vários pedaços e é colocada no céu. A constelação lembra uma lira.”

Confira:

Isadora Vilela é de São José do Rio Preto (SP). Apesar de ser estudante de medicina veterinária, desde cedo está ligada à arte. Aos sete anos, aprendeu a tocar violão e compor sozinha, com influência do seu tio, que lhe apresentou o sertanejo. Mesmo sendo eclética, apostava mais no sertanejo, que você pode assisti-la cantar em suas redes sociais, que crescem a cada dia. Em 2015, passou a levar a música como sua profissão, cantando em bares e casas noturnas rio-pretenses. Três anos depois, se aventurou com o rap no grupo acústico Mahatma no Catarina Skatebar e na Toca do Tabaco, também em São José do Rio Preto.

Para Isadora, foi importante se envolver com outros gêneros para que pudesse expressar seus sentimentos sem limitações. Atualmente, está no R&B, popneosoul e no BooomBap. Você pode acompanhá-la clicando aqui.

Na pandemia, enquanto Isadora trabalhava sozinha, conheceu dois músicos do Rio de Janeiro: Iuri Mesan e Luhan Aguiar. Foi sintonia na certa! Compartilharam experiências, músicas e decidiram gravar juntos. Isadora e Iuri escreveram juntos e fizeram o feat, enquanto Luhan fez os arranjos. Desde o momento do pré-save, a música bombou!

Enquanto isso, em outro estado…

Iuri Mesan é da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Participou do coral da igreja, aonde se envolveu com o gospel e com as melodias harmônicas das músicas religiosas norte-americanas. Atualmente, Iuri se aventura pelo R&B, gênero que nasceu na cultura negra, com ritmos marcantes e instrumentais envolventes e dançantes. Iuri já lançou “Laços & Nós” e “200 km/h”, com videoclipes criativos que apertam o coração dos que estão apaixonados. Já “Mar de Ilusão”, seu lançamento mais recente, conquistou milhares de visualizações em poucas semanas, mostrando o sofrimento de passagem de um grande amor para um simples desejo. Além disso, “Mar de Ilusão” conta com uma prévia de “Bem Vindx à Lyra” no final de seu videoclipe.

Já Luhan Aguiar, também carioca, é músico e fotógrafo. Trabalha como músico solo e em banda, além de ser diretor executivo do projeto Threev. Você pode conferir o trabalho dele em seu canal no youtube e também clicando aqui.

Fonte: Terra

|

Deixe um Comentário