Notícias / Ações

11 abril 2019

Marcos Sacramento festeja a mãe de 92 anos em samba do 16º álbum do cantor

||
0 Comment
|

A mãe de Marcos Sacramento, Nilza, acaba de completar 92 anos. Do filho, que fará 59 anos em julho, Nilza ganhou saudação em samba composto por Sacramento com o violonista Luiz Flavio Alcofra e intitulado tão somente Mãe.

O samba Mãe integra o repertório inédito e autoral de Drago, o 16º álbum desse cantor e compositor fluminense nascido em Niterói (RJ).

Dois anos após ter dado voz a cancioneiro gravado pela cantora carioca Aracy de Almeida (1914 – 1988) com o toque do violão de Alcofra, no álbum Aracy de Almeida – A rainha dos parangolés (2017), o artista versa sobre aspectos da própria vida nas 12 músicas de disco que será lançado na segunda quinzena deste mês de abril.

O álbum Drago estará disponível em CD e em edição digital com capa que expõe o cantor em foto de Edu Monteiro tratada artisticamente por Netinho Albuquerque e o próprio Marcos Sacramento.

As 12 composições do álbum Drago refletem, às vezes literalmente, sobre as andanças de Sacramento pelo mundo.

Paris – balada composta pelo artista com Marcelo Caldi, autor do arranjo e do toque do piano, único instrumento da faixa alocada no fecho do disco – não aborda a capital da França, como faz supor o título da música, mas as caminhadas do cantor pelo bairro carioca da Glória, onde está situada a Praça Paris.

Indo além do samba, gênero que dita o ritmo de composições como Baticum e Samba sem amor, Marcos Sacramento transita por boleros – Bolero de cinzas (com arranjo do parceiro Marcelo Caldi), Bolero impossível e Teus olhos (Bolero de cetim), este gravado pelo autor com adesão vocal da cantora Nina Wirtti – e entra nas águas do baião em Temporal, música composta com Zé Paulo Becker.

Fonte: G1

|

Deixe um Comentário