Notícias / Ações

14 abril 2021

Mick Jagger e Dave Grohl gravam “Eazy Sleazy”

||
0 Comment
|

A música nova, “Eazy Sleazy”, já pode ser ouvida no youyube. “Eazy Sleazy” foi escrita por Mick Jagger durante esse período pandêmico – e traduz muito do que vivemos aqui até hoje. Ele canta com Grohl, líder do Foo Fighters e também responsável por gravar bateria, guitarra e baixo na música.

“É uma música que escrevi sobre como sair do lockdown, com um certo otimismo, que é muito necessário. Obrigado a Dave Grohl por pular na bateria, baixo e guitarra, foi muito divertido trabalhar com você. Espero que todos gostem de ‘Eazy Sleazy’.

No mesmo comunicado, o roqueiro mais sorridente do planeta Dave Grohl disse ter realizado um sonho compor uma música com Sir Mick. Fofo, né?

Esse é o retorno vocalista dos Stones às músicas inéditas depois de quatro anos. Em 2017, Mick soltou os singles também políticos “Gotta Get a Grip” e “England Lost”, numa época em que o Reino Unido discutia o Brexit. Os Stones até alguns anos atrás, também vinham lançando algumas faixas.

“Eazy Sleazy” é tão punk que parece surgida na época em que os jovens rasgavam as calças jeans e usavam alfinetes nas orelhas no lugar de brincos. Caso a pandemia ocorresse nos anos 70, as músicas sobre o Covid-19 (ou Covid-72?) soariam razoavelmente assim – talvez mais sujas e barulhentas.

Mesmo que o instrumental não seja muito imaginativo (com exceção da ponte para o refrão) e que Mick pareça sofrer para manter o fôlego no andamento veloz da faixa, os versos escritos por ele são brilhantes, afiados e tragicamente reais.

Enquanto retrata a vida enjaulada do lockdown (“não temos mais folhetos de agências de viagem”, “vamos compor músicas no [aplicativo] Zoom” e “não tenho mais o que vestir”), Mick também cita os delírios dos negacionistas e as fakenews.

A mensagem final de Mick Jagger, contudo, é de trazer otimismo para tempos cada vez mais sombrios. “Será uma memória que vamos tentar nos lembrar de esquecer”.

Fonte: Uol.com

|

Deixe um Comentário