Notícias / Ações

28 janeiro 2021

Polícia cumpre dois mandados de busca e apreensão contra Nego do Borel

||
0 Comment
|

A polícia segue investigações conta Nego do Borel depois de denúncias realizadas por sua ex-noiva Duda Reis, que o acusou de realizar violência e ameaças contra ela. Para encontrar provas, foram realizados nesta quinta-feira (28) dois mandados de busca e apreensão contra o artista.

Os oficiais estiveram na casa de Nego do Borel no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Por lá, eles retiraram o passaporte dele. Já em outro endereço que ele costumava se hospedar em São Paulo, foram levados celulares e até um computador. Esses objetos podem conter informações importantes para que o caso chegue à uma conclusão. Ele não se pronunciou.

Em vídeo divulgado no programa “Bom Dia Rio”, da Rede Globo, os policiais apareciam contando muito dinheiro que ele guardava em casa. O valor ainda não foi informado, mas estima-se em centenas de milhares.

Nego do Borel polícia

A ação está sendo amplamente divulgada na mídia. Além da Globo, foi destaque na CNN Brasil.

Veja imagens:

O caso
No B.O., Duda acusa Nego do Borel de estupro de vulnerável, ameaça, injúria, lesão corporal, violência doméstica e transmissão de HPV. Ela afirma ter sido agredida pela primeira vez no Carnaval de 2018, quando Nego do Borel apertou seus braços e deixou lesões. Ela também contou que foi empurrada e humilhada em um evento no mesmo ano e que, durante uma viagem para Portugal, foi dopada, ingerindo comprimidos por pressão do cantor.

Por sua vez, o cantor admitiu as traições, mas negou as outras acusações em vídeo publicado em seu Instagram, onde afirmou que “nunca agrediu ou praticou qualquer tipo de violência contra ela”.

Transfobia: Nego do Borel rebate história de Karol Conka
Nego do Borel concedeu uma entrevista para a coluna de Fábia Oliveira no jornal O Dia, nesta quarta (27/1), e negou a história contada por Karol Conka no “BBB”. No segundo dia do reality show, Karol disse ter vivido uma situação estranha com o funkeiro, quando ele a abordou perguntando se ela era “homem ou mulher” e tecendo comentários tranfóbicos.

“Realmente aconteceu esse episódio, mas não foi exatamente da forma como ela falou. Isso aconteceu há muito tempo. Eu não conhecia a Karol e perguntei no sentido de querer saber como ela gostaria de ser chamada. Pois ela estava com um figurino de drag. Em nenhum momento minha intenção foi a diminuir, provocar, ou nada do tipo. Ela não me respondeu ser gay ou trans, disse que era menina, apenas isso, e a conversa terminou ali. Pedi desculpa pela pergunta e ficou tudo bem. Pelo menos pareceu ter ficado”, Nego do Borel disse ao jornal.

O funkeiro, que enfrenta um boletim de ocorrência aberto pela ex-noiva Duda Reis, disse estar muito chateado com Karol Conka. “Eu venho me desconstruindo há um tempo e aprendendo muito sobre os LGBTQIA+, praticando o respeito que merecem e devem ter sempre. Mas a admiro muito como profissional, e se isso a magoou desta forma, eu peço novamente desculpas!”, completou Nego.

Entenda o que aconteceu:

Conversando com os outros participantes, Karol Conka narrou uma história que viveu com ele no passado. O funkeiro, que tem histórico de transfobia, a abordou perguntando se ela era “homem ou mulher”.

Segundo Conka, Nego disse: “hey, você é igual a essa galera estranha? Esse povo aí… Você é homem ou mulher? Porque eu não sei, né”. A rapper e cantora achou o funkero um “escroto”, pediu a mão dele e falou: “sinta o vaginão!”.

Fonte: Popline

|

Deixe um Comentário