Notícias / Ações

29 dezembro 2020

Rapper se recusa a usar máscara e é banido de avião: “corona é fake”

||
0 Comment
|

O rapper Lil Pump fez um barraco ao embarcar em avião da companhia JetBlue nos Estados Unidos. Em plena pandemia do covid-19, ele se recusou a usar máscara. No entanto, como em qualquer outro lugar, o uso do item de segurança é obrigatório para entrar na aeronave.

De acordo com o TMZ, o rapper estava tentando embarcar em Los Angeles no dia 26 de dezembro e realmente fez um escândalo. Ele levantou a voz ao se negar a usar máscaras e “se tornou verbalmente abusivo com os comissários de bordo quando solicitado a colocá-la de volta“, explica o site.

Para piorar, ele provou espirrando e tossindo durante toda a situação. No final das contas, ele se acalmou e colocou a máscara. Só assim, conseguiu viajar. Representantes da JetBlue disseram que ele agora está proibido de entra em voos futuros. Está banido, até segunda ordem.

“Sua reserva de retorno foi cancelada e ele não é mais bem-vindo para voar na JetBlue”, disse o porta-voz da companhia aérea ao USA Today. “A segurança de todos os clientes e membros da tripulação é a primeira prioridade da JetBlue”, completa.

Revoltado nas redes sociais

Lim Pump chegou a publicar um vídeo nas redes sociais onde aparecia revoltado com a situação. Ele disse não acreditar na covid-19 (depois de tantas mortes?). O vídeo, no entanto, foi posteriormente apagado.

“Fa-se JetBlue e fa-se todo mundo que trabalha lá. Tudo em 2020-21, eu não estou usando nenhuma máscara. Eu não tenho que usar a porra da máscara. Corona é falso. Tchau!”

Lim Pump

O maior sucesso de Lil Pump foi a música “Gucci Gang“, de 2017, que foi terceiro lugar na parada Billboard Hot 100, a principal dos Estados Unidos. Ele também se destacou em “I Love It“, parceria com Kanye West. No entanto, nos últimos anos, ele tem falhado em emplacar algum hit.

Fonte: POPline

|

Deixe um Comentário