Notícias / Ações

18 janeiro 2021

Trends Segunda-feira 18/01/2021

||
0 Comment
|

Pazuello x Doria

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, acusou o governador de São Paulo, João Doria, de fazer marketing com a Coronavac. A crítica ocorreu após a aplicação da primeira vacina contra o coronavírus no Brasil, em uma enfermeira, logo após a aprovação emergencial do imunizante pela Anvisa. Doria rebateu, dizendo que o governo federal faz um “golpe de morte” com a pandemia de Covid-19. A disputa política também repercute nas redes, entre os assuntos mais comentados.

Assume Wilson Lima

O governo do presidente Jair Bolsonaro é bastante criticado em função da condução das ações contra a pandemia. E a falta de oxigênio para os pacientes em Manaus ampliou o desgaste. Como responsta nas redes sociais, os apoiadores do presidente cobram que o governador do Amazonas, Wilson Lima, assuma a sua responsabilidade na falta de suprimentos para combater a covid no estado.

Derby paulista

Hoje a noite tem o berby paulista Palmeiras e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro. A partira ocorre as 19h, no Allianz Parque, e os torcedores e fãs de futebol já promovem um esquenta para o jogo nas redes sociais. O verdão é sexto colocado na tabela, com 48 pontos, e o Timão é o nono, com 42.

A vacinação no Rio de Janeiro será iniciada nesta segunda-feira, aos pés do Cristo Redentor. FOi o que anunciou o prefeito Eduardo Paes. O local será isolado para receber os primeiros imunizados, às 17h. E a cerimônia contará com a presenta do prefeito e do governador do estado, Cláudio Castro.

Contrariado com o início da vacinação por São Paulo neste domingo, o governo federal mudou a estratégia e passou a dizer que bancou a vacina produzida pelo Instituto Butantan. Na internet, os usuários rebatem a narrativa com falas do próprio presidente, que afirmou que não compraria a vacina chinesa do Dória. O assunto rende na internet, e no Twitter Bolsonaro é acusado de mentiroso.

São Paulo saiu na frente no início da vacinação contra a covid. Além do governo federal, outros governadores de estado ficaram chateados. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, reclamou. Ele afirmou que Dória colocou os demais governadores em segundo plano. “Nós governadores merecemos tratamento igualitário”, pediu.

|

Deixe um Comentário